jornal do mazza

Museu Mazzaropi fecha 2012 com 13 mil visitantes; em 11 anos o público quadriplicou




O Museu Mazzaropi, localizado em Taubaté, interior de São Paulo, fechou o ano de 2012 com um público de 13 mil pessoas. Os meses de maior movimento foram abril e maio, com as celebrações dos 100 anos de nascimento de Amácio Mazzaropi em 9 de abril. Composto por estudantes, apaixonados pelo Jeca do cinema nacional e hóspedes do Hotel Fazenda Mazzaropi, o público que visitou o museu no ano passado é quatro vezes maior que o de 2001. Os investimentos feitos pelo Instituto Mazzaropi para preservar o acervo e tornar a visitação ainda mais interativa e atraente começam a dar resultado.

Em 2012, a maioria dos visitantes morava na Grande São Paulo, mas cerca de 20% veio de outras cidades do Estado de São Paulo e outros 19,8% de outros Estados. O levantamento mostra também que a maioria tem entre 19 e 60 anos (65%), mas 17,1% possuem mais de 60 anos e 10,5% estão entre 12 e 18 anos.

Para quem não conhece, o Museu Mazzaropi abriga um grande acervo de filmes (32), fotos e materiais usados por Mazzaropi. Uma exposição permanente e interativa mostra os detalhes das gravações, vídeos e tudo que ajudava o Jeca a オンライン カジノ se tornar cada vez mais engraçado e crítico.

Serviço:

Museu Mazzaropi

Endereço: Estrada Municipal Amacio Mazzaropi, 201 – Bairro Itaim – Taubaté – SP

Horário de Funcionamento: de terça a domingo, das 8h30 às 12h30

Ingressos custam R$10,00 por pessoa.

Telefone para agendamento de grupos: (12) 3634 3447

 

Saiba mais sobre o Instituto Mazzaropi

Fundado em 2000, o Instituto Mazzaropi é uma entidade sem fins lucrativos, criada para cuidar da memória de Amacio Mazzaropi. Atualmente, administra o Museu Mazzaropi e a Fazenda Santa, propriedade em Taubaté, onde Mazzaropi começou a produzir seus primeiros filmes independentemente dos grandes estúdios, e os direitos de oito dos 32 filmes do ator. Mais informações em www.institutomazzaropi.org.br