sucesso e critica

Grande interesse pela estreia de Mazzaropi




Belo Horizonte, sexta-feira, 24 de agosto de 1951

 

Amanhã, na Guarani, a primeira audição do inimitável humorista paulista

– Grande desfile de atrações e variedades, também na “Boite Acaiaca”

– Casas patrocinadoras

A tarefa mais fácil para a direção de uma emissora, como todo mundo ode facilmente reconhecer, é a de apresentar um artista como Mazzaropi, o conhecido e apreciado humorista da Paulicéia. Sem se reocupar com publicidade, “scripts” e uma serie de trabalhos preliminares, basta somente que anuncie a sua presença em Belo Horizonte, porque centenas de pessoas comparecerão ao auditório da rua São Paulo, a fim de aplaudi-lo em suas brincadeiras e variedades, na expressão mais legitima de sua arte inconfundível.

Artista dos mais simpáticos ao nosso público, Mazzaropi tem recebido em nossa Capital, por vezes consecutivas, vibrantes demonstrações de apreço e simpatia, motivo pelo qual nunca recusa um convite para visitar os seus amigos de Minas.

Amanhã, para outra de suas magnificas audições, Mazzaropi estará novamente em nossa Capital, trazendo, para as suas apresentações, novas e variadas brincadeiras, não se falando em seus chistes apreciados e nas paródias que aumentam sempre o brilho de seus programas. Grande interesse, em toda a cidade, vem cercando a presença do «Bernard Shaw do Tucuruvi», o mais completo humorista do radio brasileiro.

NA «BOITE ACAIACA»

Também os frequentadores da «Boite Acaiaca», o elegante centro de diversões da Capital terão a oportunidade de apreciar Mazzaropi, que estará amanhã nos salões do «diverts-sement-place» preferido pela nossa sociedade, enriquecendo com a sua presença o «show da meia noite, no qual se apresentará como a principal atração do dia.

OS PATROCINADORES

A presença de Mazzaropi constituirá um alto patrocínio de Moreira e Cia., Joalheria Luiz de Marco, Levi Alfaiate e Drogaria São Felix.