jornal do mazza

Divulgados os finalistas do 1º Festival Curta Mazzaropi




Os vencedores serão conhecidos em 7 de abril, durante as comemorações da 26ª Semana Mazzaropi

Após a análise de quase 200 curtas-metragens, acabam de ser anunciados os finalistas do 1º Festival Curta Mazzaropi, criado pelo Museu Mazzaropi, de Taubaté (SP), para homenagear o aniversário de 107 anos de nascimento de Amácio Mazzaropi, ator, comediante, diretor e uma das grandes referências da cultura brasileira. A iniciativa abre a 26ª Semana Mazzaropi, que acontece de 5 a 9 de abril.

Nesta primeira fase foram selecionados 12 filmes que concorrem nas categorias de “Melhor Filme”, “Melhor Direção”, “Melhor Ator” e “Melhor Atriz”. A etapa final acontece nos dias 5 e 6, quando o público poderá assistir os curtas e votar em seus preferidos. O grande resultado será conhecido em 7/4.

A Semana Mazzaropi prossegue nos dias 8 e 9 e o museu estará aberto à visitação gratuita e receberá grupos de escolas e famílias. 

Confira abaixo a lista completa dos indicados ao prêmio do Festival Curta Mazzaropi:

Melhor Filme

– “Amor Artesanal” – Taubaté / São Paulo (SP)

– “Um Café e Quatro Segundos” – Rio de Janeiro (RJ)

– “Narrativas de um crime” – São Paulo (SP)

– “Ela só quer ser Maria” – Goiânia (GO)

– “Carnavalha” – Rio de Janeiro (RJ)

– “O Encontro” – São Paulo (SP)

– “Solo” – Goiânia (GO)

– “Carreira” – Porto Alegre (RS)

– “O Embrolho” – Pirenópolis (GO)

– “Passagem” – São Paulo (SP)

– “P’s” – Caicó (RN)

– “Um Filme de Baixo Orçamento” – São Paulo (SP)

Melhor Direção

– Lucci Antunes (“Amor Artesanal”) – Taubaté / São Paulo (SP)

– Cristiano Requião (“Um Café e Quatro Segundos”) – Rio de Janeiro (RJ)

– Ian Calvet e Rafael Pieri (“Carnavalha”) – Rio de Janeiro (RJ)

– Alailson Bernardo (“Solo”) – Goiânia (GO)

– Roobertchay Rocha (“O Embrolho”) – Pirenópolis (GO)

Melhor Ator

– Sergio Pardal (“Amor Artesanal) – Taubaté / São Paulo (SP)

– Osmar Prado (“Um Café e Quatro Segundos”) – Rio de Janeiro (RJ)

– Gabriel Vaz (“Carnavalha”) – Rio de Janeiro (RJ)

– Gabriel Rodrigues (“Solo”) – Goiânia (GO)

– Tonico Pereira (“O Embrolho”) – Pirenópolis (GO)

Melhor Atriz

– Jáli Kiárit (“Amor Artesanal”) – Taubaté / São Paulo (SP)

– Maitê Freitas (“Maria”) – Embu das Artes (SP)

– Martha Meola (“Narrativas de um crime”) – São Paulo (SP)

– Giovanna Moreira (“Mais um Instante”) – São Paulo (SP)

– Barbara Lins (“O Encontro”) – São Paulo (SP)

A cada ano cresce o número de pessoas que acompanham as exposições itinerantes e os eventos do Museu Mazzaropi. Em 2016, o espaço recebeu 13.873 visitas, em 2017 foram 14.208 visitas e em 2018 16.053 visitas.

Mais informações podem ser obtidas no telefone (12) 3634.3447, site www.museumazzaropi.org.br e e.mail [email protected].